Uso Da Máscara E Impacto Sobre A Voz

 

ARTIGOS por DR. JULIANO PIMENTEL em 24 DE MAIO DE 2021  

No meio da pandemia que estamos vivendo, o uso da máscara se tornou um item essencial para a nossa saúde. E esse hábito tem grande impacto sobre a voz.

O que tem acontecido é que as pessoas estão se queixando de um maior desgaste vocal, cansaço ao falar, especialmente após falarem por várias horas usando a máscara.

 

Este artigo foi produzido pela Fonoaudióloga Raffaella Galvão. 

Impacto Sobre A Voz Do Uso De Máscara

Quando colocamos a máscara nossa voz fica abafada e naturalmente aumentamos o volume para sermos compreendidos. 

Já existem pesquisas que comprovam a diminuição do volume da nossa voz com o uso de máscaras. A revista Hearing Review forneceu os seguintes dados:

Máscara mais finas –  reduz de 3 a 5 db o volume da voz

Máscara tipo N95 – reduzem em até 12db o volume da voz 

Existe uma redução de volume nas frequências de 2000 a 7000 hz, região de frequência das consoantes. Isso significa que pode ser difícil distinguir alguns sons.

EX: Gato/Pato/Mato que se diferenciam apenas na primeira letra.

Quando isso acontece, tentar aumentar o volume da voz é natural. Mas,  a nossa laringe não está preparada para esse constante aumento de volume por tanto tempo, e com isso haverá um esforço na musculatura da laringe.

Além disso, ao cobrir nossa boca tiramos o apoio visual do ouvinte, que dessa forma não consegue fazer a leitura labial.

Alguns sintomas de esforço vocal são: ardência na garganta, cansaço ao falar, pigarro, tosse, sensação de ressecamento na garganta e  rouquidão, por exemplo.

Dicas Para Fazer Com Uso De Máscara

  1. Fale mais devagar do que o seu normal, além disso, articule bem as palavras;
  2. Faça pausas na fala e use frases curtas e objetivas;
  3. Fale de frente para quem está te ouvindo e utilize gestos, por exemplo;
  4. Faça repouso vocal após falar por muito tempo;
  5. Hidrate-se!, beba bastante água;
  6. Respire calmamente;
  7. Por fim, escolha uma máscara que se adapte ao seu rosto.

Como Preparar A Voz Para O Dia A Dia

 

Confira a seguir algumas dicas para prepara sua voz. IMPORTANTE: apenas um profissional pode prescrever os exercícios indicados para você. Portanto, procure um fonoaudiólogo para cuidar da sua voz.

Aquecimento Vocal

É o alongamento e relaxamento da musculatura envolvida direta ou indiretamente na produção da voz, ou seja, pescoço, cabeça e face, favorecendo a flexibilidade vocal. Dessa forma preservamos o aparelho vocal e também obtemos um maior desempenho da musculatura com menor esforço

Quando fazer?

Sempre que for usar a voz por tempo prolongado como por exemplo: dar aulas, palestras ou cantar.  Além disso, deve ser feito com a duração de 10 a 15 minutos.

1 – Relaxamento

  • espreguiçar 
  • girar os ombros pra frente e pra trás
  • Movimentos de cabeça: SIM,NÃO ,TALVEZ
  • Bocejo com e sem som
  • Massagem facial

2 – Respiração

Todos os exercícios podem ser feitos deitado, sentado ou de pé. Para esse você deve inspirar pelo nariz  soprar pela boca até esvaziar. É como cheirar flor e soprar vela, por exemplo.

3 – Articulação 

Para flexibilidade e mobilidade da musculatura orofacial, ou seja, língua, lábios e bochechas. Os responsáveis pela articulação da fala

  • mastigação exagerada
  • vibrar os lábios suavemente
  • vibrar a língua
  • rotação de língua por dentro dos lábios

4 – Sonorização

Exercícios para ativar a musculatura das pregas vocais, fortalecendo e sustentando o seu fechamento para a produção do som

  • inspirar e soltar emitindo z zzzzzzzzzzzzzz
  • inspirar e soltar emitindo vvvvvvvvvvvvvv

5 – Vibração

Esses exercícios vão causar a vibração das pregas vocais para relaxar e ativar a musculatura

  • vibrar a língua e os lábios suavemente (TRRRRRR…..    BRRRRRRR)

6 – Ressonância

Amplificação e colocação dos sons na boca. A ressonância associada com a articulação é que vai promover a projeção vocal

  • mmmmmmmmmmmmmmmm (no nariz)

Lembrando mais uma vez que esses exercícios precisam ser prescritos especialmente por um profissional. Por isso, entre em contato com a Rafaela.

 

Perguntas Frequentes

.

1 – Falar Alto E Projetar A Voz São A Mesma Coisa? 

Não, projetar a voz é emitir a voz de forma clara, com controle e com um bom alcance, sem que aconteça sobrecarga das pregas vocais. Falar alto sem controle, porém, na maioria das vezes causa esforço excessivo que é prejudicial ao Pregas Vocais. 

2 -Por Que Minha Voz Muda Durante O Dia?

Porque a voz acompanha o nosso estado emocional e físico. Além disso, o ambiente em que estamos também influencia a nossa voz. Quando estamos num ambiente barulhento tendemos a falar mais alto, com maior tensão e consequentemente nossa voz vai cansar mais rápido. Num local calmo, porém, falamos mais baixo e esse cansaço vocal não acontece.

3 – Posso Modificar A Minha Voz? 

Sim. Você pode aperfeiçoar a sua voz com ajuda de um fonoaudiólogo, mas em primeiro lugar é preciso entender o por que a pessoa não gosta da própria voz.

4 – Doenças Do Corpo Podem Afetar A Voz?

Sim, não só as do corpo como as da mente. A depressão, por exemplo, pode fazer com que a pessoa fale baixo. A doença de Parkinson pode causar disfonia, pois enrijece os músculos, inclusive os da laringe, tornando a voz baixa, fraca e pouco melódica.

Saiba mais sobre disfonia neste artigo.

5 – Eu Consigo Cantar?

 Sim, todos podem cantar, mas para ser cantor profissional é preciso preparar-se.

6 – Rouquidão Pode Ser Sinal De Câncer? 

Sim. Um dos sinais do câncer de laringe é a rouquidão que dura mais de 15 dias.

7 – Existem Alimentos Que  Fazem Bem Para A Voz? 

Nenhum alimento é um tratamento para um problema de voz, pois apenas o ar passa pela laringe e pregas vocais. O mel  é lubrificante e o própolis tem propriedades anti-inflamatórias, mas não são úteis quando o problema vocal é causado por abuso vocal, por outro lado podem ser benéficos nas inflamações de garganta. 

A hidratação do corpo como um todo  vai auxiliar no funcionamento das “pregas  vocais”, apesar da água também não passar pela laringe.

8 – A Voz Que Eu Ouço Gravada É Diferente Da Minha Voz. Isso É Normal?

Sim. Quando escutamos a nossa voz ,recebemos informações por via aérea( som da voz pelo ar) é por via óssea( pela vibração os ossos do corpo) é o som fica mais grave que o som no gravador que é mais próximo de como os outros nos ouvem.

Este artigo foi escrito pela fonoaudióloga Raffaella Galvão,.

Para saber mais sobre como cuidar da sua saúde, faça parte do STSD – Saúde Todo Santo Dia. Um programa diário com informações e dicas de saúde. 

Abraços e fique com Deus!

 

Dr. Juliano Pimentel.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Open chat
Posso lhe ajudar?