Rodízio noturno de veículos completa 1 mês

Na última quinta-feira (22), o rodízio noturno na cidade de São Paulo completou um mês.

A restrição, foi implementada pela prefeitura da capital, acompanhando a determinação do decreto estadual de toque de recolher. Tanto o toque de recolher, quanto o rodizio noturno valem das 20h às 5h.

Segundo a prefeitura, o objetivo do rodízio noturno foi diminuir o fluxo de pessoas no transporte público e reduzir a circulação na cidade à noite.

Um levantamento feito por órgãos de imprensa, aponta que o congestionamento na capital paulista registrou queda de 43% desde a implementação da medida, em 22 de março.

Ainda de acordo com os dados, o número de carros nas ruas caiu 16% no mesmo período.

Vale destacar que, a diminuição também é reflexo da fase emergencial da quarentena, que vigorou de 15 de março a 11 de abril e restringiu o número e a circulação de pessoas nas ruas da capital paulista.

O especialista em trânsito, Sérgio Ejzenberg afirma que o novo rodízio noturno, é mais eficaz do que o tradicional, que abrange os horários de pico.

“Esse rodízio noturno é muito melhor do que o rodízio que nós tínhamos anteriormente, que pegava o horário de pico, porque este rodízio permite que as pessoas que têm carro usem o carro e escapem do transporte coletivo, que está superlotado nos horários de pico. Então, nesse aspecto, ele é bom. E ele também é bom ao desestimular a usar o carro de madrugada, nos horários mais noturnos, porque é hora de ficar em casa. Quem pode ficar em casa, quanto mais [pessoas], melhor”, explicou o especialista.

Por meio de nota, a Prefeitura de São Paulo, afirmou que as multas são processadas e divulgadas após o período de recursos, de até 90 dias. Por isso, só é possível ter o número de multas efetivamente aplicadas no rodízio após esse prazo.

A rodízio noturno vigora nos dias úteis, no sábado e nos feriados, das 20h às 5h. O descumprimento da regra implica em infração de trânsito de nível médio, com multa no valor de R$ 130,16 e 4 pontos na carteira do motorista.

Veja lista das placas relacionadas com a restrição:

Finais de placas 1 e 2: restrição das 20h de segunda-feira às 5h de terça.

Finais de placas 3 e 4: restrição das 20h de terça-feira às 5h de quarta

Finais de placas 5 e 6: restrição das 20h de quarta-feira às 5h de quinta

Finais de placas 7 e 8: restrição das 20h de quinta-feira às 5h de sexta

Finais de placas 9 e 0: restrição das 20h de sexta-feira às 5h de sábado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *