Prefeitura estuda contratar mães de alunos para atuar no combate à Covid-19 nas escolas municipais

A Prefeitura de São Paulo está elaborando uma proposta para contratar cinco mil mães de alunos da rede pública municipal para trabalhar nas escolas como agentes de protocolos de saúde contra o coronavírus.
Elas serão responsáveis por medir a temperatura de todos na entrada da escola, higienização dos equipamentos de uso coletivos, além de fiscalizar o cumprimento das medidas de distanciamento e uso correto da máscara e do álcool gel.
A proposta será voltada para mulheres desempregadas, que deverão receber um salário de R$ 1.155 mensais por 30 horas semanais de trabalho durante a vigência do contrato, que deverá ser de seis meses.
A Secretária Municipal de Educação, dará maiores  detalhes do projeto nos próximos dias.
De acordo com a prefeitura, a medida tem o objetivo de melhorar a estrutura das escolas na questão de segurança contra Covid-19. A rede municipal de ensino retomou as atividades presenciais na última segunda-feira  segunda (15).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *