O Lar das Crianças Peculiares | Críticas de Cinema – Efrem Pedroza

     Raramente vemos Tim Burton sem Johnny Depp em uma longa metragem que leva a assinatura do diretor. Mas nesta adaptação pra lá de excêntrica, inspirado no livro (trilogia) “Miss Peregrine´s Home for Peculiar Children” do autor Ransom Riggs o diretor se separa de seu grande astro e amigo e nos surpreende.

     Há muito tempo Burton não me empolga, mas este parece um daqueles raros casos, em que a obra literária caiu em mãos certas para que se transformasse em um filme. Se pegarmos como exemplo a filmografia do diretor, longas considerados “esquisitos” marcaram de forma brilhante sua trajetória como “Edward Mãos de Tesoura” (1991) e “Frankenweenie” (2012).

    O “Lar das Crianças Peculiares” talvez não seja tão fiel ao livro (nenhum filme é), mas traz toda nostalgia dos filmes dos anos 80 como “Conta Comigo” (1986) em que amigos se unem e mostram que o poder da amizade consegue superar qualquer obstáculo. Mesmo nos entregando algo saudoso em uma primeiro momento do longa, não temos aqui o melhor de Tim Burton, mas num todo o filme entrega um bom entretenimento.


O Lar das Crianças Peculiares – Nota: 3,0

O critério de notas é estabelecido da seguinte forma:

0,0 = péssimo

1,0 = ruim

2,0 = regular

3,0 = bom

4,0 = ótimo

5,0 = excelente

Confiram a crítica completa no blog: efrempedroza.blogspot.com.br

Facebook: Efrem Pedroza – Críticas de Cinema e Cultura Nerd

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *