Meninos receberão vacinação contra HPV em 2017

Vacina que protege principalmente contra o câncer de colo de útero será estendida para meninos de 12 a 13 anos.

 

Na ultima terça-feira (11), o Ministério da Saúde anunciou que a vacinação contra HPV deixará de ser restrita apenas para meninas e se estenderá para os meninos também, por recomendação das sociedades médicas brasileiras.

A vacina que protege principalmente contra o câncer de colo de útero, indicada para meninas de 9 a 13 anos, desde 2014 faz parte do Programa Nacional de Imunizações.

Meninos de 12 a 13 anos também poderão receber a vacina a partir de janeiro 2017. Até 2020 a faixa etária será ampliada, a vacina estará disponível para meninos de 9 a 13 anos. Assim como o esquema vacinal das meninas, as duas doses terão intervalo de seis meses.

Segundo o Ministério da Saúde, estudos feitos em outros países mostram que a inclusão dos meninos contribui para a diminuição do câncer de colo do útero e vulva das mulheres, já que isso possibilita a diminuição da circulação do vírus à população, o que beneficia o público feminino. A vacinação contra HPV para meninos também é usada nos Estados Unidos, Austrália, Áustria, Israel, Porto Rico e Panamá.

Os próprios meninos também serão beneficiados, já que a vacina protege contra câncer de pênis, garganta, ânus e verrugas genitais, problemas também relacionados ao vírus.

Outra mudança é que, a partir de 2017, meninas que chegaram aos 14 anos sem a vacina também poderão se vacinar.

A vacinação também será estendida homens que vivem com HIV entre 9 e 26 anos. Antes, só as mulheres com HIV desta faixa etária podiam se vacinar gratuitamente. No caso desse público, o esquema vacinal é de 3 doses.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *