Medico registra baile funk que acontece todos os finais de semana ao lado da UPA de Itaquera

Um médico que trabalha na UPA de Itaquera, na zona leste de São Paulo, gravou um vídeo onde registra um baile funk ao lado da unidade.
Na unidade de pronto atendimento estão  com 73 pacientes internados, com Covid-19. Segundo o médico , as festas ocorrem todos os finais de semana.
“Esse vídeo foi um ato de indignação. Eu estava literalmente desesperado, já estava num nível de irritação. Eu estava atendendo uma mãe e uma filha que estavam internadas no mesmo lugar. A senhora de 84 anos e a filha de 62”, contou o médico.
“Estava explicando para a filha os prognósticos, com máscara de oxigênio, dificuldade para falar e esse barulho entrando na enfermaria. Estava gritando por ajuda, foi um ato de desespero”, completou o médico.
Para o profissional, é triste ver as pessoas se aglomerando sem se preocupar com a pandemia. “Quero trazer uma alerta que o problema maior não é só o coronavírus, mas o egoísmo do brasileiro, o negacionismo. Não esperava que fosse repercutir desse jeito, mas espero que seja um ato para a gente colocar a mão na cabeça”, concluiu o médico.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *