Governo Federal troca mais uma vez o Ministro da Saúde

O médico Marcelo Queiroga foi anunciado como novo ministro da saúde. Quiroga é presidente da Sociedade Brasileira de Cardiologia, e assume o cargo no lugar de Eduardo Pazuello, general do Exército que esteve à frente da pasta por 10 meses, desde maio de 2020.
A troca aparentemente foi para dar um viés científico, de que a partir de agora a condução dos assuntos da saúde, será mais técnica. Sobretudo nas ações relacionadas a pandemia da Covid-19, assim tentando diminuir o desgaste do governo federal na abordagem e aplicação de ações de enfrentamento à pandemia, que caminha para atingir 300 mil mortos pela doença.
Especialistas políticos porém, garantem que mesmo com a troca no ministério, Bolsonaro que estará no comando de todas as decisões.
Outra cardiologista, Ludhmila Hajjar foi cogitada para ocupar o cargo, mas recusou o convite alegando divergir do presidente na condução das questões referentes à pandemia.
A recusa de Ludhmila, segundo analistas políticos, foi um sinal de que para ocupar a pasta, o novo titular teria que seguir à risca as determinações do presidente Bolsonaro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *