Governo estadual regride capital e grande São Paulo à fase laranja da quarentena

Shoppings e comércio fecharão as 20h. Confira todos os detalhes e o que pode e não pode funcionar com o Jornal do Monotrilho

Como novas medidas a fim de conter a explosão de novos casos da Covid-19, após decretar o toque de restrição de circulação das 23h às 5h, o governo de São Paulo, em entrevista na última sexta-feira (26), regrediu a Grande São Paulo, que inclui a capital paulista, além das regiões de Campinas, Registro e Sorocaba, à fase laranja da quarentena. Nesta fase está vetado o funcionamento de bares e permite que restaurantes funcionem até as 20h.
Bares que servem alimentos são exceção ela essa regra e portanto são enquadrados na categoria de restaurantes. Desta forma, estão autorizados a funcionar e vender bebidas alcoólicas junto com as refeições.
Nesta nova reclassificação, as regiões de Ribeirão Preto e Marília, que estavam na laranja, retornaram à vermelha, na qual apenas serviços essenciais estão autorizados a funcionar. Piracicaba foi a única a avançar, e passou à fase amarela, que libera funcionamento de restaurantes até 22h.
A reclassificação divulgada pela gestão estadual na tarde desta sexta-feira (26), começa a valer a partir de segunda-feira (1º).
As mudanças ocorreram após as regiões apresentarem severa piora nos indicadores de Covid-19. Nesta sexta (26), o estado de São Paulo completou um ano de Covid-19 e registra recorde de lotação e ocupação de leitos de UTI e enfermaria, em hospitais privados e públicos da capital paulista.

Principais pontos do ‘toque de restrição’ das 23h às 5h

Serviços essenciais, como postos de gasolina, transporte público, farmácias e supermercados, podem funcionar no horário de restrição de circulação, das 23h às 5h
Bares, restaurantes e lojas não podem operar no horário.
Escolas públicas e particulares podem funcionar seguindo os protocolos já estabelecidos. O governo estadual informou que a Polícia vai fazer blitzes de orientação à noite, mas não serão aplicadas multas a pessoas que estiverem nas ruas após as 23h.

O que pode funcionar na Fase Laranja

Todos os setores de comércio e serviços passam a ser permitidos. A exceção é o atendimento presencial em bares, que continua proibido. No entanto, bares que servem comida (operam como restaurantes) podem funcionar.
A capacidade de ocupação permitida, é de 40% em todos os setores, com funcionamento máximo de 8 horas por dia.
O Horário de atendimento presencial é das 6h às 20h.
Lojas de conveniência só podem vender bebida até 20h.
Parques estaduais podem abrir.
Atividades culturais como cinema e teatro podem funcionar.
Eventos que geram aglomeração, como festas, baladas e shows continuam proibidos.
O decreto de restrição de circulação e as novas medidas seguirão vigorando até 14 de março e segundo o Governador João Doria, poderão sofrer eventuais alterações a qualquer momento, de acordo com os índices de ocupação dos leitos de UTI nos hospitais do estado e dos índices de contaminação pelo coronavírus.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *