Governo de SP entrega Estação Jardim Planalto da Linha 15-Prata do Metrô

O Governador João Doria e o Secretário dos Transportes Metropolitanos, Alexandre Baldy, entregaram nesta segunda-feira (26), a Estação Jardim Planalto da Linha 15-Prata do Metrô. A estação deve receber 12 mil passageiros por dia e vai facilitar o deslocamento dos moradores da região de Sapopemba, na zona leste, até a Vila Madalena, na zona oeste, por meio da integração com a Linha 2-Verde.

 

“A Linha 15-Prata tem uma nova estação, a Jardim Planalto sendo inaugurada e colocada em condições de uso pela população já a partir de hoje. Isso representou compromisso com a zona Leste da capital”, declarou o Governador.

 

Localizada na altura do número 10.000 da avenida Sapopemba, a estação do monotrilho funcionará de domingo a sexta-feira das 4h40 à 0h e aos sábados das 4h40 à 1h do dia seguinte. A abertura da estação, a 85ª da rede de metrô, acrescenta um trecho de 1,1 km à malha metroviária da cidade, que agora tem 97,2 km de extensão em seis diferentes linhas.

 

“A inauguração da Estação Jardim Planalto hoje é fruto do esforço da gestão do Governador João Doria de não deixar nenhuma obra paralisada no Estado. Retomamos a construção dessa e de outras três estações em 22 de abril e hoje temos a honra de entregá-la aos trabalhadores da zona Leste. Além disso, demos início, neste ano também, à construção da Estação Jardim Colonial, programada para 2021”, disse Baldy.

 

Construída pelo Metrô, a nova estação é totalmente adequada para receber pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida. Há duas entradas acessíveis, uma em cada lado da via, para facilitar a chegada à estação que está no canteiro central a 16 metros de altura. Essa é uma característica do padrão arquitetônico da Linha 15, que permite um visual mais leve, com a menor interferência possível na paisagem local.

 

São 6,4 mil m² de área construída, três elevadores, nove escadas rolantes e três fixas, além de banheiros públicos acessíveis. A plataforma é central, com 90 metros de comprimento e portas automáticas de segurança. A integração da estação com as bicicletas também foi pensada, com a construção de dois bicicletários, um em cada acesso, que podem receber até 80 bikes.

 

O acabamento da estação foi feito em concreto aparente e aço, com aberturas que garantem ventilação e iluminação ao natural, nos três diferentes pavimentos: acesso, mezanino e plataforma, que é coberta com estrutura metálica em forma de arco. O revestimento dos pisos é de granito e as paredes internas têm pastilhas cerâmicas e fechamento em vidro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *