Governo de SP concede pela primeira vez

Pela primeira vez o governo do estado de São Paulo ofereceu à iniciativa privada linhas da CPTM. Até então, apenas novas linhas do Metrô foram concedidas a empresas.

Na última terça-feira (20), o consórcio Via Mobilidade, formado pelas empresas CCR e RuasInvest, venceu uma concorrência internacional realizada na B3, a Bolsa de Valores em São Paulo, para a concessão das linhas 8-Diamante e 9-Esmeralda da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM).

Somadas, as duas linhas férreas tem 79 quilômetros de extensão, 43 estações e transportam diariamente, 1,1 milhão de passageiros, de acordo com informações do governo estadual.

A gestão estadual tinha a expectativa de conseguir ao menos R$ 323,9 milhões de outorga fixa pela concessão.

O consórcio formado pelas empresas CCR, responsável por administrar rodovias e Ruas Invest Participações, ligada a grupo que opera linhas de ônibus na capital paulista, ofereceu R$ 980 milhões e venceu o leilão, com ágio de mais de 202% da outorga prevista.

O consórcio vencedor terá direito de explorar as linhas por um período de 30 anos e terá que investir mais de R$ 3,2 bilhões na melhoria da infraestrutura, incluindo a compra de trens e modernização e aprimoramento das estações.

Quatro consórcios apresentaram propostas durante o leilão. O consórcio vencedor, Via Mobilidade, já opera, por concessão, a linhas 5-Lilás do Metrô e a Linha 17-Ouro do Monotrilho. As duas participantes do consórcio vencedor, a CCR e a Ruas Invest, também operam a Linha 4-Amarela do Metrô por meio do consórcio ViaQuatro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *