Funcionários da CPTM farão paralisação a partir de 27 de abril

Após assembleia realizada na última segunda-feira (12), funcionários da CPTM decidiram que iniciarão uma greve no próximo dia 27, por tempo indeterminado.
O principal motivo pela paralisação é o não recebimento da PPR 2020 (Programa de Participação nos Resultados) cuja primeira parcela deveria ter sido paga no dia 31 de março.
De acordo com nota do Sindicato Sorocabana, “a categoria tem demonstrado indignação com a falta de reajuste salarial desde 2020 e principalmente pela falta de empenho da CPTM junto ao Governo do Estado em colocar os ferroviários como prioridade na vacinação contra a COVID-19”, diz a nota.
Os funcionários da CPTM reclamam ainda da falta de itens de proteção,  como álcool em gel, máscaras adequadas, testagem e liberação dos funcionários com comorbidades e acima dos 60 anos.
Segundo os funcionários, essa condição vem causando crescimento no número de contaminados e de óbitos pela Covid-19 na categoria.
A Categoria informa que já está em Estado de Greve, que antecede qualquer paralisação, e a partir da zero hora do dia 27 e abril de 2021, todas as linhas da CPTM serão paralisadas por tempo indeterminado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *