Dona de ONG é presa na zona leste de São Paulo por vender cestas básicas doadas pela prefeitura para famílias carentes da região

Policiais civis da 2ª Delegacia de Crimes Contra a Administração, prendeu na última terça-feira (13), uma mulher acusada de cobrar R$ 10,00 de pessoas carentes para entregar cestas básicas que foram doadas pela Prefeitura de São Paulo e deveriam ser entregues as famílias gratuitamente.
De acordo com a denúncia, a fraude estava sendo praticada pela Ong, Educacional Tabernáculo, localizada na Rua Giacomo Quirino, 76, no bairro José Bonifácio, na zona leste de São Paulo.
A dona da Ong, de nome Edna, cobrava a quantia para entregar a cesta básica e pedia que o pagamento fosse feito de preferência pelo sistema PIX.
Segundo o delegado Mario Palumbo, a Prefeitura de São Paulo doou 800 cestas básicas para a Ong distribuir para famílias carentes na zona leste, mas as cestas estavam sendo entregues mediante o pagamento já citado.
Após receber a denúncia, policiais civis se dirigiram a sede da Ong Educacional Tabernáculo, onde apreenderam parte das cestas básicas que estavam estocadas.
A dona da ONG, Edna, foi presa e indiciada por peculato, crime cometido contra a administração pública.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *