Patrocinadores abrem mão de ingressos em prol da Chapecoense

Renda de amistoso entre Brasil e Colômbia será revertida para time catarinense

 

Mais de 4.000 ingressos que seriam distribuídos pela CBF a seus patrocinadores serão colocados à venda no amistoso entre Brasil e Colômbia, que ocorre no dia 25, no Rio de Janeiro. A partida servirá como importante fonte de recursos para a Chapecoense indenizar as famílias das vítimas do acidente, ocorrido em novembro do ano passado.

As entradas seriam destinadas às patrocinadoras da Seleção Brasileira, que têm direito de assistir aos jogos previsto em contrato, mas todas as empresas abriram mão do benefício para aumentar a renda do amistoso em prol do time catarinense.

A Cimed também vai comprar um lote dos ingressos para distribuir a seus convidados. “A Chapecoense uniu uma nação inteira e ver que essa nação continua lutando por um ideal – que é manter o time de pé – é o que dá sentido ao futebol”, disse João Adibe, presidente do grupo.

O diretor de Marketing da Cimed, Hélio Melo, vê na ação uma forma de ajudar o time catarinense. “Estamos todos juntos neste momento e esperamos que essas ações contribuam para a recuperação rápida da Chapecoense”.

As vendas para o amistoso começam nesta sexta-feira, às 14h, no site da CBF. Ingressos restantes serão comercializados em pontos físicos, que serão divulgados posteriormente.

Torcedores de outros estados que não poderão comparecer ao jogo também terão a oportunidade de contribuir em prol das famílias das vítimas, adquirindo um Ingresso Solidário no valor de R$ 50. Segundo a CBF, a entrada não dará acesso ao estádio, mas terá seu valor somado à renda da bilheteria. A compra do ingresso solidário será ilimitada e o torcedor receberá um certificado de participação e agradecimento.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *