Brasileirão 2021da série A terá limitação para troca de treinadores na temporada

Pela primeira vez na história o Campeonato Brasileiro de futebol da Série A de 2021 terá limite para trocas de técnicos dentro da competição.
Agora, cada clube só poderá ter dois treinadores ao longo do torneio. Ao mesmo tempo, cada técnico só poderá treinar dois times diferentes na competição no ano. Até agora, não existia nenhum tipo de limitação desse tipo.
Em resumo cada clube só pode demitir técnico uma vez. E cada treinador só pode pedir demissão uma vez. Quem pedir a segunda, não poderá treinar outro clube na mesma competição.
A medida só é válida para o Campeonato Brasileiro da Série A, que tem previsão para começar no dia 29 de maio e terminar em 5 de dezembro.
Caso uma equipe demita o treinador pela segunda vez, ela só poderá efetivar no cargo um outro profissional que já seja funcionário do clube com no mínimo seis meses de casa.
A proposta foi apresentada aos 20 clubes da Série A pelo presidente da CBF, Rogério Caboclo, que já havia tentado aprová-la em outros anos,  mas sem sucesso. A resultado da votação entre os clubes foi apertada, e terminou com placar de 11 a 9 pela aprovação.
A CBF entende estar protegida de eventuais reclamações trabalhistas. A entidade avalia que os técnicos precisam ser tratados da mesma maneira que os jogadores, que também têm limite para troca de time durante um mesmo torneio.
Votaram contra a proposta:

Athletico-PR, Atlético-GO, Bahia, Ceará, Cuiabá, Grêmio, Flamengo, Fortaleza e Juventud

Votaram a favor da proposta:

Atlético-MG, América-MG, Bragantino, Chapecoense, Corinthians, Fluminense, Internacional, Palmeiras, São Paulo, Santos e Sport.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *