Águas Rasas | Críticas de Cinema – Efrem Pedroza

Nota: 3,0

      Em “Águas Rasas”, a atriz Blake Lively (Lanterna Verde) é uma estudante de medicina, (Nancy) que após perder sua mãe com uma doença fatal, resolve abandonar a faculdade e viajar para o México, em busca de uma praia deserta que traz boas recordações de quando a mãe estava grávida dela. Chegando lá, a garota resolve surfar nas águas límpidas que escondem uma péssima surpresa… um tubarão branco à espreita.

      Confesso que há muito tempo não sentia tanta tensão assistindo um filme desse gênero. Para ser bem sincero, só “Tubarão” foi capaz de fazer isso com tamanho êxito.

      O único ponto negativo é que uma das cenas mais empolgantes que acontecem no longa, são mostradas no trailer e como falei aqui em minha última crítica, tá na hora dessa publicidade trabalhar de forma mais inteligente. Mesmo assim, “Águas Rasas” consegue mostrar algumas coisas interessantes, além do trailer, e que realmente nos conduzem ao terror. Acredito que finalmente o monstro marinho dos anos 80 reconquistou seu lugar de respeito… Afinal de contas, gostamos de tubarões e queremos mais filmes bons assim.


Confiram a crítica completa no blog: efrempedroza.blogspot.com.br

Facebook: Efrem Pedroza – Crítico de Cinema

O critério de notas é estabelecido da seguinte forma:

0,0 = péssimo

1,0 = ruim

2,0 = regular

3,0 = bom

4,0 = ótimo

5,0 = excelente

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *